Aeroportos europeus – o primeiro contato com o velho mundo

Depois de 20 dias “europeando” por Londres, Paris e Madrid, finalmente, estamos de volta!!! Momento de adaptação… Isso mesmo, ninguém acredita, mas custa voltar à vida real depois de tantos dias fora! Depois de pegar um friozinho de 2 e 3 graus, voltar para casa com 40 graus é uma enorme prova de fogo… Sem mencionar o cansaço, a diferença de horário e a trabalheira que é colocar tudo no devido lugar… A vontade é pegar o avião de volta, ainda mais porque somos fissurados pela cultura, costumes e ares europeus!!!

Passeio maravilhoso em Londres - London Tower e Tower Bridge

Passeio maravilhoso em Londres – London Tower e Tower Bridge

A estada no último dos três países visitados, foi meio estranha. Isso porque já estávamos um pouco cansados da maratona de Londres e Paris, e ainda tínhamos muito o que ver em Madrid.
Sentimos o que três semanas fora de casa podem trazer ao viajante. Confesso que conseguimos até sentir uma leve saudade do “feijão-com-arroz” brasileiro…

Cidade mais romântica do mundo - Paris...

Cidade mais romântica do mundo – Paris…

Depois de lindos e perfeitos dias em Londres e Paris… Já estávamos com um ar de satisfação, pensamentos do tipo “a viagem já havia valido a pena” começavam a surgir, mas ainda não íamos embora… Era estranho, batia um pouco de cansaço, o corpo pedia cama e, mesmo assim, lutamos veemente e finalizamos nossa viagem com chave-de-ouro descobrindo as belezas de Madrid…

Vamos contar um pouco sobre o primeiro contato que sempre temos ao chegar em um país de primeiro mundo, ao descer todo amarrotado da classe econômica do avião (acreditamos que muitos também sentem o mesmo). Descreveremos o primeiro contato que todos têm ao chegar no velho continente – os aeroportos.

Passeio pelo Templo  de Debod em Madri...

Passeio pelo Templo de Debod em Madri…

Antes de qualquer viagem internacional, tínhamos como referência, como o expoente da modernidade da aviação o nosso querido e tão visitado Aeroporto de Guarulhos. Ainda lembro meu primeiro contato com o GRU e o brilho dos olhos que tive ao contemplar sua imensidão… Tamanho foi o choque quando descobri que nosso aeroporto mais TOP não passa de um puxadinho dos demais europeus…

Podemos constatar o quanto ainda falta para nossos aeroportos se adaptarem para receber os turistas, ainda mais nas vésperas da Copa de 2014. Eles ainda apresentam problemas graves, como espaço insuficiente nos saguões, falta de banheiros adequados (em número e estado de limpeza), falta de tomadas para carregar equipamentos eletrônicos. E wi-fi… Alguém por acaso já conseguiu conectar algum dispositivo de forma decente em algum dos nossos aeroportos???

Isso tudo lá fora é o mínimo que se espera… Imagine a mordomia que temos ao chegar lá fora.

Vamos citar experiências de alguns aeroportos europeus:

Heathrow - Londres O terceiro maior do mundo!!!

Heathrow – Londres O terceiro maior do mundo!!!

Há alguns dias pousamos no maior aeroporto da Europa e terceiro do mundo em movimentações/ano. Estamos falando do Heathrow, em Londres. Simplesmente uma cidade dentro de um terminal – gigantesca é a fila para imigração daquele lugar (o que aumentou o frio na espinha). Amigos nossos haviam contado da tristeza que é a imigração inglesa – te perguntam de tudo… Ainda bem que passamos tranquilamente depois do interrogatório… Após os carimbos foi só curtição…

Charles de Gaulle - Paris

Charles de Gaulle – Paris

Charles de Gaule é o sétimo maior aeroporto do mundo e segundo europeu em movimentações. Não temos ótimas recordações de lá, devido uma atendente da Air France bem ranzinza resmungar de excesso de bagagem desses bazucas… E nos fez redistribuir nossas malas na frente de todos que aguardavam check-in…

Aeroporto Barajas Terminal 4 - Madrid. Dispensa comentários...

Aeroporto Barajas Terminal 4 – Madrid. Dispensa comentários…

É impossível chegar em Barajas (o aeroporto gigante e ultra moderno de Madri) sem parar para admirar tamanha imensidão… Este é o quinto maior aeroporto europeu. O que impressiona é desembarcar em seu novo terminal 4, dominado pela Iberia é o mais recente e muito bonito… Não conseguimos ver o fim do terminal que ficava tão, tão distante – as cores fazem deste terminal um espetáculo à parte…

Aeroporto Munique da Lufthansa - o mais top em comodidades

Aeroporto Munique da Lufthansa – o mais top em comodidades

O que falar de Munique? O aeroporto exclusivo da Lufthansa, sem dúvida foi o mais especial. Adoramos viajar pela companhia que nos ofereceu quitutes durante todo vôo e as máquinas de café à disposição com stands de jornais diários do mundo inteiro nos saguões – ficamos maravilhados. Sem dúvida, se estivéssemos em GRU, não sobraria nem os classificados nos stands, quanto mais um cappuccino. Sinto muito, mas essa é uma triste realidade…

Em alguns aeroportos você até desembarca em um terminal, pega um metrô para pegar suas malas em uma das dezenas de esteiras de outro edifício… Praticamente todos os aeroportos têm metrô que os liga até o centro da sua cidade e em menos de uma hora você consegue chegar tranquilamente ao destino…

Charles de Gaulle - metrô para ir ao centro de Paris

Charles de Gaulle – metrô para ir ao centro de Paris

Quem sabe um dia nossos aeroportos possam receber seus usuários de forma semelhante? Não custa nada sonhar…

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Um comentário sobre “Aeroportos europeus – o primeiro contato com o velho mundo

  1. Pingback: Como ir de Heathrow ao centro de Londres - Já fomos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *