Um dia no Museu de História Natural em Washington

Passear entre peixes e leões, dinossauros e borboletas, observar o homem das Cavernas e o atual – isso tudo em um só lugar em plena Washington D.C. Essa surpreendente visita ao Museu de História Natural, que nos fez viajar pelo tempo e perder a hora enquanto admirávamos cada sala, será relatada agora. Há tempos queríamos fazer um post sobre um dos melhores museus de História Natural. A oportunidade veio agora com a Blogagem Coletiva da Rede de Blogeiros Brasileiros de Viagem (RBBV), que participamos. O tema será falar sobre um dos museus que mais nos encantou, em homenagem ao #MuseumWeek – não poderíamos deixar de participar. Confira a seguir…

IMG_1066

Museu de história Natural de Washington – mais um incrível museu Smithsoniano

Mais uma vez um filme nos incentivou a visitar um lugar durante nossas viagens (falamos do filme Uma noite no Museu 2) e garantimos que vale muito a pena fazer esse passeio, e mesmo que você não seja mais criança, com certeza aqui você se tornará uma!

O Museu de História Natural de Washington D.C. é mais um dos famosos museus Smithsonianos, que costumam impressionar seus visitantes com suas vastas coleções, e o melhor, as visitas são gratuitas… Sobrando dinheirinho para você levar alguns dos maravilhosos artigos que eles vendem em suas lojas, que são uma loucura…

Até pedrinhas semipreciosas eram vendidas na loja. Tudo relacionado às exposições do museu era encontrado ali...

Até pedrinhas semipreciosas eram vendidas na loja. Tudo relacionado às exposições do museu era encontrado ali…

Ele abriga mais de 500 milhões de espécimes de animais, plantas, artigos culturais, rochas, meteoritos, fósseis, e muito mais… Ao chegar em sua fachada no National Mall você não imagina o mundo que existe lá dentro e muito cuidado – se for alguém que curte muito esse tipo de museu, esqueça outras atrações para o mesmo dia pois provavelmente o dia será curto. Foi o que aconteceu com a gente… Abandonamos da nossa programação e curtimos cada cantinho do museu. Também há a possibilidade de entrar pela Constitution Ave, onde entramos…

Fachada do museu pela Constitution Ave. - nem dá para imaginar o que há lá dentro...

Fachada do museu pela Constitution Ave. – nem dá para imaginar o que há lá dentro…

Este museu teve início há um século (1910) e foi o primeiro edifício do lado norte do Mall a ser inaugurado. Os melhores dias a visitá-lo é de segunda à quartas-feiras pois fica mais vazio, já nos sábados costuma ficar bem lotado, principalmente nos meses de março a julho.

A História Natural aborda a Paleontologia, que muito me impressiona... É uma rocha? Não, isso é um fóssil de dinossauro!!!

A História Natural aborda a Paleontologia, que muito me impressiona… É uma rocha? Não, isso é um fóssil de dinossauro!!!

A Rotunda
Começaremos o passeio pela Rotunda. Aqui você encontra uma das atrações principais do museu que é o Elefante empalhado com a tromba em sinal de alerta – ele está mostrando que está investigando todo o seu redor e preparado para atacar, caso necessário. As crianças enlouquecem já no início do passeio – nós também…

A grande rotunda e o Elefante - a estrela deste salão...

A grande rotunda e o Elefante – a estrela deste salão…

Destaque para o Elefante e sua posição de alerta...

Destaque para o Elefante e sua posição de alerta…

A partir daqui você pode escolher por onde quer começar, seguimos para:

O Salão dos Oceanos (Ocean Hall)

Um dos aquários com corais e peixes palhaços dentre outros...

Um dos aquários com corais e peixes palhaços dentre outros…

Aqui você verá um grande salão com inúmeros peixes, aquários, invertebrados, mamíferos, corais, enfim tudo relacionado à vida marinha e inclusive artigos de exploração do fundo do mar criados pelo homem. Inclusive, um exemplar de lula-gigante que surpreendeu a minha garotinha…

Ai de mim sou um peixinho comparado a esta arcada dentária do Grande Tubarão Branco...  Ao lado, uma criança impressionada ao ver uma lula gigante - Seria esta igual ao do livro de Júlio Verne?

Ai de mim sou um peixinho comparado a esta arcada dentária do Grande Tubarão Branco…
Ao lado, uma criança impressionada ao ver uma lula gigante – Seria esta igual ao do livro de Júlio Verne?

Destaque para a imensa réplica em tamanho natural da Baleia Azul pendurada sobre sua cabeça. Há também um tubarão e uma água viva dando um colorido especial – com certeza é de arrancar um ooohhh….

A Baleia Azul em tamanho natural... Pequenina, não?

A Baleia Azul em tamanho natural… Pequenina, não?

Um tubarão e a Água-viva...

Um tubarão e a Água-viva…

Era do Gelo
Nesse salão lembramos do filme A era do gelo (mais uma vez, outro filme), você verá fósseis de dinossauros da época glacial, bem como quando o homem conviveu com esses, tem até bonecos representando o homem das cavernas, bem natural que parecia de verdade. Continue seguindo em frente e chegará ao…

A Era do gelo e os animais que a enfrentaram... Mais um filme vem a mente...

A Era do gelo e os animais que a enfrentaram… Mais um filme vem a mente…

O Homem das cavernas, na era do gelo...

O Homem das cavernas, na era do gelo…

Fossil Lab
Esse aquário é um pouco diferente, é um aquário humano! Na verdade é uma sala onde os paleontólogos ficam trabalhando e os visitantes podem observar um pouco mais sobre seu trabalho muito legal. Alguns ficam fazendo a delicadíssima tarefa de limpeza e conservação de fósseis, outros catalogam e desenham – observar o trabalho feito todo nos microscópios.

Um funcionário registrando observações em desenhos... Os demais atrás estão limpando um fóssil...

Um funcionário registrando observações em desenhos… Os demais atrás estão limpando um fóssil…

Mas estamos falando de fósseis o tempo todo, e você sabe o que é isso? Fósseis são restos de organismos ou traços de suas atividades (pegadas, por exemplo) que tenham pelo menos 10.000 anos, ou seja, nem tudo que é velho é um fóssil… Ah, esquecemos de dizer que, assim como em todo aquário, não bata no vidro!!!

Os Dinossauros
Agora vem uma das melhores seções, não sei porque mas os dinossauros me fascinam desde quando criança, a você também? Aqui podemos ver ossos de dinossauros que foram minuciosamente escavados e colocados na posição correta e unidos para dar a forma do dino!!! Ao todo são aproximadamente 46 exemplares inteirinhos… Uma trabalheira só que impressiona quando você chega perto e vê o tamanho das criaturas…

O impressionante salão dos Dinossauros com 46 dinos inteirinhos!!!

O impressionante salão dos Dinossauros com 46 dinos inteirinhos!!!

Assustador...

Assustador…

Esse brandão dos fundos deve ter dado um trabalhão, olha o tamanho do pescoço...

Esse grandão dos fundos deve ter dado um trabalhão, olha o tamanho do pescoço…

O Hall dos Mamíferos
Outro lugar especial deste museu, aqui você encontra muitos mamíferos empalhados de todo o planeta, alguns em posições cotidianas, outros fazendo pose, não deixe de visitar este salão! Alguns animais pertenceram a coleção particular de Teodore Roosevelt, o ex-presidente dos EUA.

Descansando um pouco antes do jantar...

Descansando um pouco antes do jantar…

Já de cara você vai se deparar com o Rei das Savanas todo soberano sobre um pedestal, dá quase para ouvir seu rugido. Outro exemplar que encantou a My foi essa enorme girafa empalhada, comendo umas folhinhas lá no alto…

O leão rugindo...

O leão rugindo…

A sensação é que daqui a pouco ela vai se movimentar...

A sensação é que daqui a pouco a girafa vai se movimentar…

As origens do Homem

Seção que mostra a procura por descobrir as origens do ser humano, até hoje baseada em teorias, dando uma certa ênfase à Teoria da Evolução com bonecos representativos de cada etapa proposta da evolução humana e a procura do elo perdido…

Assistindo um video explicativo sobre Teoria da Evolução do Homem.

Assistindo um video explicativo sobre Teoria da Evolução do Homem.

Pausa para um lanche

Agora provavelmente você estará morrendo de fome, faça como nós, vá à praça de alimentação no Atrium Café e reponha as energias…

Pausa para um lanchinho bem nutritivo... Self-service de lanches, só nos EUA mesmo...

Pausa para um lanchinho bem nutritivo… Self-service de lanches, só nos EUA mesmo…

Voltando agora para o segundo andar, continuamos nossa jornada…

Sala de Gemas e Minerais

Vários cristais em estado bruto e lapidados, uma explosão de cores...

Vários cristais em estado bruto e lapidados, uma explosão de cores…

Nada melhor do que falar dos minerais estando dentro de um própria mina, ou pelo menos, uma representação fantástica de uma… Ficamos boquiabertos ao visitar essa sala. Você verá aqui de tudo um pouco sobre a formação e extração desses minerais belíssimos. Há alguns minerais que brilham no escuro, ou fluorescentes quando expostos à luz ultravioleta.

A sala das Gemas e Minerais era em uma própria mina... Muito legal...

A sala das Gemas e Minerais era em uma própria mina… Muito legal…

Pedras fluorescentes quando luz ultra-violeta as atinge...

Pedras fluorescentes quando luz ultra-violeta as atinge…

Ainda há aquelas gemas semipreciosas que encantam qualquer um, ficamos surpresos com a grande variedade de gemas brasileiras expostas lá.

Algumas gemas brasileiras, sem dúvida o Brasil é rico nesses minerais...

Algumas gemas brasileiras, sem dúvida o Brasil é rico nesses minerais…

O famoso e amaldiçoado Diamante Hope
Outro destaque são as jóias expostas com pedras preciosas e semipreciosas. Porém, nenhuma delas tem o pedestal que o Diamante Hope possui… Este imenso diamante de 45.52 quilates possui uma coloração azulada devido traços de boro. Cercado por 16 diamantes brancos e preso à um colar com mais 46 diamantes não se sabe nem quanto isso tudo vale… Originário da Índia, passou por muitas mãos, inclusive, Luís XVI deu a Maria Antonieta pelo seu casamento. Acredita-se que ele é considerado amaldiçoado devido aos infortúnios de quem já o possuiu (para quem não sabe, o casal acima perdeu as cabeças, guilhotinados na revolução francesa)…

Diamante Hope - beleza e maldição? - valor incalculável...

Diamante Hope – beleza e maldição? – valor incalculável…

Muitas borboletas
Outra atração muito legal é o Butterfly Pavilion, uma estufa que você entra e vê inúmeras borboletas coloridas voando sobre as flores. A My tem pavor desses lindos insetos, mas eu não podia perder a oportunidade de entrar e admirar. Ela perdeu…

Um cantinho onde os espécimes são vivos... Muitas borboletas de cores variadas...

Um cantinho onde os espécimes são vivos… Muitas borboletas de cores variadas…

Pode-se observar também os estágios que as lagartas passam até a sua transformação final e seu “nascimento” – tive oportunidade de ver uma saindo do casulo… Paga-se uma taxa para entrar aqui, mas vale muito a pena…

Funcionária retirando a borboleta que acabou de "renascer"... Eles estão sempre repondo os espécimes pois uma borboleta vive em média duas a três semanas...

Funcionária retirando a borboleta que acabou de “renascer”…
Eles estão sempre repondo os espécimes pois uma borboleta vive em média duas a três semanas…

Exposição Written in Bone
Aqui eu me senti dentro do seriado Bones, muito interessante a exposição que mostra como os ossos podem falar, ou melhor, contar fatos… Mostra como é o trabalho de um forense quando se encontra uma ossada e demonstra casos verídicos de como se desvendaram crimes ocorridos à décadas ou às vezes a milhares de anos…

Aqui os ossos contam história...

Aqui os ossos contam história…

Finalizando o dia com IMAX
Verifique os horários para as diversas apresentações em cinema com telas IMAX, e compre seu ticket. Nós assistimos a dos Dinossauros voadores e finalizamos nosso passeio vendo o filme no imenso telão que te dá a sensação de estar dentro do próprio filme…

Também vimos…

Não só essas atrações que descrevemos, mas o museu tem muito mais a oferecer que não caberia neste post. Vimos múmias egípcias, insetos, objetos culturais africanos, um imenso moai da Ilha de Páscoa, fósseis de animais, artigos sobre o universo com suas galáxias, estrelas e planetas, meteoritos, a lua, etc… Ufa…

Um dos imensos Moai da Ilha de Páscoa - quer um chiclete?

Um dos imensos Moai da Ilha de Páscoa – quer um chiclete?

Na verdade ao escrever este post deu uma vontade enorme de retornar… E você, gostou? Quer mais? Porque não programar seu próximo destino para visitar Washington D.C? Mas não esqueça de reservar um bom tempo para este museu, você não vai se arrepender…

Não deixe de vir... Tem muito mais a se ver e aprender aqui...

Não deixe de vir… Tem muito mais a se ver e aprender aqui…

National Museum of Natural History
1000 Constitution Ave., NW in Washington, D.C. 20004
Aberto diariamente de 10h as 17h30. GRATUITO.
Exceto Natal, quando fica fechado.
Obs – no verão fica aberto até mais tarde (19h30).
Paga-se uma taxa pelo Butterfly Pavilion e IMAX.

Este post faz parte da Blogagem coletiva da RBBV em homenagem ao #MuseumWeek.

Veja outros blogs participantes:

Segredos de LondresTate Modern, Londres

Sol de BarcelonaMuseu de história de Barcelona

O que vi do mundo –  Museu Carnavalet

Brasil na ItáliaMAV, Museo Egizio di Torino, Muse, MAXXI

Viaje com PedroMuseum of Broken Relationships, Zagreb

– Passeios Na ToscanaTrês Museus de Florença

Outside Brazil –  Museum of Anthropology – Vancouver

Felipe, o pequeno viajanteMuseu Botero – Bogotá

London, sô!Os Museus Mais Visitados de Londres (e gratuitos!)

Vida de TuristaMuseu do Mar em São Francisco do Sul

– Cantinho de NaMuseu de História Natural de Viena

Gosto e ProntoMASP

Direto de Paris – Castelo de Amboise

– ColeçãoMuseu Belas Artes do Rio de Janeiro

Do RS para o mundoVários museus

A Fragata Surprise Berlim

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

7 comentários sobre “Um dia no Museu de História Natural em Washington

  1. Pingback: Museu de História Natural de Viena - Magnífico - Cantinho de NáCantinho de Ná

  2. Pingback: Passeios na Toscana - Meus 3 museus preferidos em Florença, fora da rota turística - #MuseumWeek | Passeios na Toscana

  3. Pingback: Blogagem Coletiva: Museum Week | Gosto e ProntoGosto e Pronto

  4. Deb do Segredos de Londres

    Puxa, eu ainda não tinha comentado aqui!
    História Natural não é muito a minha praia, mas não pude deixar de visitar este museu quando estive em Washington pela primeira vez, realmente é um espetáculo!
    Lembro que assisti um filme IMAX sobre dinossauros, sabem se ainda existe?
    Abraços,
    Deb

    1. MaeMy Autor da Postagem

      Olá Deb, seja bem vinda!!!
      Realmente quando fomos tinha um filme sobre os dinossauros voadores. Atualmente o único que na época estava em cartaz e que ainda está é o do voo das Borboletas (a My nem quis chegar perto devido ao medo de borboletas rsrs)… Atualmente há também o da Era do Gelo, o da ilha de lembres (Madagascar) e um sobre Jerusalem. Confira em: http://www.si.edu/Imax/Theater/samuel-c-johnson-imax-theater
      Abraços e volte sempre…

  5. Cynar

    Marcelo e Myriam, estaremos em Washington com nossos filhos e sobrinhas dia 20 de dezembro, esse museu estará em nosso roteiro com certeza. Já imagino os olhos brilhantes das crianças 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: