Nova Iorque – O que fazer no Central Park

Encantadora e fria, meio bagunçada e moderna, muito concreto e muito verde – Nova Iorque faz os olhos brilharem e ao mesmo tempo te deixa cansada de tanta agitação… Na minha opinião não é a cidade mais bonita, mas pode ser a melhor cidade do mundo… Restaurante perfeitos, transporte público com muito investimento, ótimo para compras (principalmente naquelas lojas mais luxuosas), lindos musicais, grandes e maravilhosos museus bem como outras opções de entretenimento… Essas já são grandes razões para conhecerem a grade maçã. E entre os vários passeios que você poderá fazer, vamos deixar como dica o famoso Central Park. É impossível, senão um crime, ir a Nova Iorque e não visitá-lo. Nós fizemos 3 passeios, em dias diferentes, e vamos pontuar alguns cantinhos super legais, e porque não: românticos, surpreendentes, perfeitos.

Central Park - um refúgio no meio da conturbada Nova Iorque.

Central Park – um refúgio no meio da conturbada Nova Iorque.

O ideal é fazer esse passeio durante o dia, por questão de segurança… Ponha um calçado confortável e reserve um bom tempo, principalmente se você deixou somente um dia para ele.

Já o conhecíamos antes de ir a Nova Iorque - essa passagem está em muitos filmes norte-americanos...

Já o conhecíamos antes de ir a Nova Iorque – essa passagem está em muitos filmes norte-americanos…

O Central Park é uma imensa área criada por mãos humanas no meio de Manhattam. Ele ocupa nada mais nada menos que 51 quarteirões (da 59th à 110th St.) E nele há mais de 150 km de estradas para você se perder, como aconteceu com a gente (depois falaremos sobre isso).

Não é a nossa intenção apresentar um roteiro fixo passo a passo para você percorrer, mas apenas descrever alguns lugares que vimos neste lindo parque durante nossas visitas e que achamos valer a pena visitar.

Outra atração famosa no Central Park Zoo é o Delacorte Clock, presente no filme Madagascar, por exemplo...

Outra atração famosa no Central Park Zoo é o Delacorte Clock, presente no filme Madagascar, por exemplo.

Não importa a estação do ano, cada uma o parque tem uma vista muito especial para lhe oferecer, mas sem dúvida a primavera foi a nossa escolhida pois o verde fica mais verde, o céu bem azul e as flores, nem precisamos falar das flores…

Central Park Zoo

Zológico pequeno mas muito bem diversificado. Perdemos a hora dentro do mesmo.
Leão marinho em um nado matutino, muita classe!

Leão marinho em um nado matutino, muita classe!

Muito bom para levar crianças e até para os mais grandinhos.

Uma sonequinha do urso polar...

Uma sonequinha do urso polar…

Os leões marinhos dão um show à parte no tanque central. Bem como a hora do almoço dos pinguins, tivemos a sorte de chegar na hora e vimos um espertinho entrar na fila duas vezes para ganhar um peixe bem gostoso…

Os pinguins do Central Park Zoo durante sua refeição

Os pinguins do Central Park Zoo durante sua refeição

Nos sentimos dentro do filme Madagascar, principalmente ao chegar no relógio dos animais.

Esse portal com um relógio com animais mecanizados dá um show a cada meia hora, o Delacort Clock. Não consegue encontrá-lo? É só seguir a musiquinha de ninar que vc encontra…

Delacorte Clock - Os animais mecânicos dançarinos encantam até os de barba!!!

Delacorte Clock – Os animais mecânicos dançarinos encantam até os de barba!!!

Entrada é paga: $18,00 por adulto, $13,00 por criança.
Visite o site: http://www.centralparkzoo.com

A Ponte e O Lago

Quem já não viu o Central Park em qualquer filme norte americano? Você não precisa ter saído da sua casa para já conhecer essa famosa ponte que aparece em todo filme. Muito menos esse lindo lago conhecido como The Lake (O Lago).

A ponte sobre O Lago. Muitas fotos lindas e românticas podem ser feitas aqui. - um lugar maravilhoso.

A ponte sobre O Lago. Muitas fotos lindas e românticas podem ser feitas aqui. – um lugar maravilhoso.

E melhor ainda é admirar a paisagem almoçando no Boathouse, um restaurante às margens do lago, mas reserve com antecedência pois é disputadíssimo.

Se tiver tempo, e protetor solar, alugue um barco e faça um super passeio romântico, mas cuidado para não envergonhar sua companhia, vimos muitos darem voltas sem conseguir sair do lugar por não saberem remar.

Alice no país das maravilhas

Alice e seus companheiros, em pleno Central Park...

Alice e seus companheiros, em pleno Central Park…

Estátua em bronze de 1959 que faz homenagem ao famoso livro “Alice no País das Maravilhas”, de Lewis Carroll. Ao longo das décadas foi sendo polida pelo toque de milhares de mãos de quem passa por lá. As crianças adoram sentar-se junto à Alice e seus companheiros. Quase sentei também mas a estátua estava derretendo de tanto sol.

Bethesda Terrace e Angel of the Waters Fountain

Para mim esse lugar é um dos mais bonitos do parque. Às margens do lago, uma linda praça cercada por jardins floridos e no centro uma linda fonte. A Fonte Bethesda com o Anjo das águas.

Bethesda Fountain, um lugar especial no coração do Central Park

Bethesda Fountain, um lugar especial no coração do Central Park

Os nomes fazem referência ao evangelho de João Capítulo 5, que narra a história do tanque de Bethesda, no qual um anjo descia e tocava as águas, trazendo cura.

Na escultura, o anjo está sobre quatro querubins representando a saúde, pureza, bonança e paz. O grande anjo carrega ainda um lírio em uma das mãos (símbolo de pureza, representando a qualidade da água que na época da inauguração era própria para consumo) e a outra mão está em uma posição como se fosse tocar as águas para trazer a cura.

Vista para o Bethesda Terrace e a fonte com O Anjo das Águas.

Vista para o Bethesda Terrace e a fonte com O Anjo das Águas.

Strawberry fields

Essa linda área do Central Park é financiada por Yoko Ono, viúva do Beatle, John Lenon, que anualmente doa 1 milhão de dólares para sua conservação. Diz-se que o apartamento deles, que fica ali pertinho, tem vista para esta parte do parque que seria muito admirada pelos dois. Lenon foi assassinado em frente ao seu edifício, e Yoko decidiu homenageá-lo com a restauração e conservação de Strawberry fields. Lá se encontra o famoso mosaico italiano que ela encomendou com referência a mais famosa canção do músico: Imagine. Fãs do mesmo prestam homenagens até hoje no local.

Imagine - mosaico em homenagem a John Lenon ainda com flores de fãs...

Imagine – mosaico em homenagem a John Lenon ainda com flores de fãs…

Castelo Belvedere

Existe um castelo em pleno coração de Nova Iorque, isso mesmo. O Castelo Belvedere é um forte de 1865 onde atualmente funciona o Serviço Meteorológico Nacional, mas o mesmo é aberto à visitação do público e garante fantásticas vistas do parque em seu terraço. Foi uma tristeza para nós ter que deixar essa atração de lado após nos perderemos em um bosque cheios de trilhas. Acabamos saindo em um ponto um pouco longe do castelo, e como estávamos cansados da caminhada e apressados para visitar outra atração nova-iorquina tivemos que deixar o castelo para a próxima visita à cidade.

Um cantinho no meio do bosque no qual nos perdemos, vista maravilhosa...

Um cantinho no meio do bosque no qual nos perdemos, vista maravilhosa…

O que fazer no parque?

Opções do que fazer não faltam, desde uma simples caminhada admirando todas as paisagens e pessoas que por ali passam, tomar um sorvete nos carrinhos de sorvete espalhados pelo parque, descansar ou tomar um sol nos jardins, fazer um piquenique pelos mesmos ou almoçar no restaurante à beira do lago. Andar de bicicleta, praticar exercícios, alugar um dos barquinhos ou até fazer um passeio romântico de charrete (prepare-se pois este é bem salgado). Enfim, este lugar maravilhoso oferece inúmeras opções para as pessoas curtirem uma fuga da caótica selva de pedra, sem precisar deslocar-se por quilômetros para sair da cidade.

Segue um mapa que criei com as atrações citadas:

Se não conseguir vê-lo clique aqui.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

3 comentários sobre “Nova Iorque – O que fazer no Central Park

Deixe uma resposta para Tavares Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *