Tomando café da manhã na terra da Rainha

O café da manhã para muitas pessoas não passa de um lanche rápido para iniciar um atribulado dia, outros nem fazem questão de tomá-lo. Nós pensamos diferente, o tratamos com o devido respeito, pois trata-se da refeição mais importante que deveríamos ter. Hoje falaremos sobre nossas experiências com o café da manhã de Londres e daremos algumas dicas a vocês. Cada experiência foi mais marcante que outra… Enfrentamos uma maratona por um café, encaramos (com muito esforço) o café típico dos londrinos, outra vez o substituímos por um “chá das cinco” feito às oito da manhã, e a experiência mais estranha – tomamos um café nas tumbas de uma igreja. Sempre preferimos reservar o hotel sem café para podermos provar diferentes cafés a cada dia. Vamos começar?

Café, capuccino, chocolate quente ou chá. Escolha o seu...

Café, capuccino, chocolate quente ou chá. Escolha o seu…

Uma maratona por um café na chuva

Essa é para quem acha que vale tudo por um bom café, até fazer uma maratona para chegar em um. Tudo começou quando fazíamos a programação da nossa viagem. Como sempre, acreditamos no poder da blogosfera, as dicas postadas em blogs são preciosas e não aparecem em guias turísticos comuns. Daí que entra o blog que recomendamos muito, DriEverywere, da Adriana Miller, que citava o Cocomaya (clique aqui) para um chá-das-cinco. Como não daria para ir lá durante a tarde decidimos visitá-lo no nosso primeiro dia, quando estaríamos pelos arredores… O problema é que estávamos morrendo de fome e nosso hotel não era nada perto. Daí pegamos um metrô até Marble Arch e decidimos ir a pé até o café. Só não contávamos com a chuva de Londres!!! Chegamos no local depois de correr um bocado para não nos molharmos mais ainda…

O charmoso café Cocomaya

O charmoso café Cocomaya

O café era tudo o que a Dri havia comentado no blog. Só havia outro porém: acho que outros leitores de seu blog também decidiram ir no mesmo dia. A cafeteria é bem pequena e seu ambiente interno estava lotado, só conseguimos mesa lá fora, com um detalhe, a mesa estava toda molhada da chuva que havia estiado há alguns minutos… Ufa – pelo menos isso…

Chocolate quente sobre a mesa molhada. pelo menos as cadeiras estavam secas...

Chocolate quente sobre a mesa molhada. pelo menos as cadeiras estavam secas…

No interior há muitas gostosuras para escolher, difícil é se contentar com apenas um brownie!!!

Tomamos um chocolate quente para esquentar o frio que estava lá fora. Mais gostoso ainda foi tomar bem agarradinhos devido ao frio europeu de novembro… Apesar do imprevisto, recomendamos ir, mas certifique-se que não esteja chovendo… Fica da Dica!

Um café agarradinho, é bom demais!

Um café agarradinho, é bom demais!

Um Café de imperador

Esta próxima dica trata-se de uma rede de cafeterias que possuia uma unidade perto do nosso hotel. Trata-se do Caffé Nero. Uma preciosa dica que poucos conhecem…

Caffé Nero, um lugar muito agradável para o desjejum em Londres.

Caffé Nero, um lugar muito agradável para o desjejum em Londres.

Foi aqui que tivemos nosso primeiro encontro com uma maravilha de origem holandesa. O viciante, delicioso e indescritível Stroopwaffle. Apesar de nome estranho, trata-se de um waffle recheado de caramelo que colocamos em cima de uma bebida quente e o vapor amolece o recheio. E não é tão doce não! E o bolo Red Velvet deles, falta-nos palavras para tal gostosura.

Um cantinho confortável para degustar maravilhas.

Um cantinho confortável para degustar maravilhas.

Se prepare para esquecer do tempo em uma das poltronas aconchegantes, ainda mais se tiver frio lá fora… Fomos no da Trafalgar Square e enquanto tomávamos café ficamos admirando a movimentação em frente à praça…

Um chá fora de hora e aula de culinária

Quem disse que britânico só toma chá às cinco? Essa é uma das impressões enganosas que muitos têm. Na verdade toda hora deveria ser hora do chá. No dia da visita à Portobelo Market, num sábado, em Notting Hill, passamos na loja do Jamie Oliver que fica perto da estação do metrô Notting Hill Gate, antes de pegar a Pembridge Road.

O térreo do Recipease, muita coisa legal à venda neste lugar.

O térreo do Recipease, muita coisa legal à venda neste lugar.

Estamos falando do Recipease, uma loja de materiais de cozinha, de pães, massas e outros produtos orgânicos fica no térreo e no primeiro andar, há uma cafeteria. E mais, você pode agendar ou assistir os outros tendo aulas de culinária nas ilhas centrais, enquanto degusta  seu café…

Pessoal aprendendo a fazer uma deliciosa focaccia...

Pessoal aprendendo a fazer uma deliciosa focaccia…

Escolhemos um delicioso chá só não fizemos da forma tradicional, com os scones e doces sobre aqueles pratos triplos. Mas estava delicioso! E de quebra, ainda assistíamos algumas pessoas tendo aulas e estavam aprendendo a fazer uma apetitosa focaccia. Ainda, dá para admirar a movimentação da rua lá fora, e a multidão de turistas indo para a famosa feira de antiguidades que acontece todo sábado.

Chá inglês com panquecas, hummm...

Chá inglês com panquecas, hummm…

O pessoal tendo aulas e nós nos matando de deliciar essas gostosuras atrás deles...

O pessoal tendo aulas e nós nos matando de deliciar essas gostosuras atrás deles…

Às vezes, o próprio Jamie Oliver fica na estação dando aula de algum prato. Mas deve-se agendar com muita antecedência, pois é disputadíssimo… Reserve aqui.

Até os livros do Jamie Oliver estão à venda aqui...

Até os livros do Jamie Oliver estão à venda aqui…

Cedendo à tentação do Starbucks

Parece estranho essa rede estar num post sobre Londres. Sinto muito, mas os Starbucks vão dominar o mundo! Essa rede norte americana de café é uma loucura. Sempre fazemos questão de passar em uma, mesmo estando na Europa. Porém, percebemos que aqui não é tão corrido como os dos EUA… Lá se você demorar para escolher seus pedidos os outros te atropelam, aqui em Londres o clima é mais light…

Starbucks - para todo lado que for você encontra um maravilhoso café dessa rede...

Starbucks – para todo lado que for você encontra um maravilhoso café dessa rede…

Um café típico nas criptas de uma igreja medieval

Deixamos para o final a experiência mais estranha que tivemos em Londres, na verdade foram duas de uma vez só! Nós conseguimos encarar o verdadeiro café da manhã típico de Londres, o English Breakfast. Mas não é só isso, ainda tomamos bem na cripta de uma igreja medieval, em cima do que já foi tumba de mortos…

O Cafe in The Crypt fica localizado nas criptas (subsolo) da Igreja St Martin in the Fields, para chegar lá, você pega um elevador na lateral da igreja e chega num ambiente frio e com uma iluminação sombria, com arcadas de tijolos do século XVIII.

O elevador moderno para entrar voltar ao século XVIII.

O elevador moderno para entrar voltar ao século XVIII.

Muito recomendado pela Celina Martins, do blog Mala de Rodinha e Nécessaire, tivemos que ir conferir, ainda mais porque estava pertinho do nosso hotel, na Trafalgar Square. E foi o lugar que decidimos encarar o English Breakfast, um café da manhã típico da região, bem diferente do que estamos acostumados. Vamos conhecê-lo?

Ambiente do Cafe in the Crypt em St Martin in the Fields

Ambiente do Cafe in the Crypt em St Martin in the Fields

Para encarar o verdadeiro café da manhã britânico, nosso prato incluía torradas, ovos mexidos, bacon, linguiça picante, até aí tudo bem, mas a coisa complicou um pouco mais nos próximos ingredientes: tomate grelhado, cogumelo grelhado, feijão a um molho vermelho doce (que lembra muito catchup) e o mais difícil de todos, o black pudding, uma espécie de linguiça de sangue de porco, lembrando o nosso chouriço.

E aí, vai encarar? O verdadeiro English breakfast.

E aí, vai encarar? O verdadeiro English breakfast.

Confesso que encarar isso durante a primeira refeição do dia é para poucos, minha esposa nem chegou perto, mas eu gostei muito da experiência… Apesar do nome, não é só café que servem, não. Eles também servem almoço, chá da tarde e jantar e com certeza, vale muito a pena visitá-lo…

Para completar a experiência, o mais intrigante é que todos comem sobre tumbas de pessoas do século 18, algumas inscrições estão preservadas dando para ler… Incrível como o ambiente é silencioso. Inclusive dava para ouvir o eco dos talheres, bandejas batendo ou outros sons, menos vozes, pois as pessoas pareciam sussurrar no local.

As mesas sobre as tumbas de 1700.

As mesas sobre as tumbas de 1700.

Na saída há uma lojinha legal com souveniers para levar para sua casa. Às vezes há apresentações de orquestra ou jazz durante seu jantar, é só entrar no site e ver a próxima apresentação, clique aqui.

Após lembrar dessas dicas gastronômicas, deu até vontade de voltar para visitá-las novamente. Espero que tenham gostado.

Até a próxima.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

2 comentários sobre “Tomando café da manhã na terra da Rainha

  1. Celina Martns

    Olá! Adorei a menção e a experiência em outros locais de Londres. Fico super feliz com esse retorno. Já morei ao lado de um Starbucks em Londres. Às seis da manhà o cheiro de café entrava na minha casa, e eu não conseguia me controlar. Ia lá e comprava um café e colocava o Stroopwaffle em cima. Agora tomar o tradicional café ingles é prova de coragem! Minha primeira experência com “ele” foi em Edimburgo, e confesso que é difícil de encarar sem um sal de fruta.
    Abraços

    1. MaeMy Autor da Postagem

      Olá Celina, obrigado pelo carinho e ficamos honrados por sua visita. Gostamos muito de ler seu blog e temos, inclusive, assinatura dele. O café da manhã tradicional foi realmente um desafio. Volte mais vezes! Abraços.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: