Vale a pena subir o Arco do Triunfo?

Depois da Torre Eiffel, o Arco do Triunfo d’Étoile é outro símbolo francês muito lembrado. Imponente e majestoso, esse monumento de 50 metros de altura impressiona a todos que o visitam, seja fora ou dentro dele. Indescritível é a sensação de estar de frente ao mesmo. Mesmo já o tendo visto em filmes, não se assuste se você tiver um arrepio ao chegar perto do mesmo e contemplá-lo.

Arco do Triunfo d' Étoille - considerado um dos maiores arcos do mundo, com 50 metros de altura.

Arco do Triunfo d’ Étoille – considerado um dos maiores arcos do mundo, com 50 metros de altura.

Alguns não sabem, mas é possível subir no monumento e admirar a paisagem parisiense de cima do mirante (assim como na Torre Eiffel) e o melhor ainda é que não há filas imensas como na Dama de Ferro. Só corta um pouco o barato se você decidir subi-lo em dias chuvosos.

Vista lá de cima para a Champs Elysées e demais avenidas parisienses - pena que estava chovendo, mas garantimos visa espetacular em dias abertos.

Vista lá de cima para a Champs Elysées e demais avenidas parisienses – pena que estava chovendo, mas garantimos visa espetacular em dias abertos.

O Arco do triunfo é um tipo de edificação de origem romana que representa vitória em alguma batalha. No caso do Arco do Triunfo de Napoleão, o maior do mundo, ele não representa uma, mas apenas 128 vitórias em batalhas do imperador!!!

O Triunfo de Napoleão em 1810.

O Triunfo de Napoleão em 1810.

Não é à toa que o mesmo é lembrado como um grande líder e que era muito temido pelos vizinhos na sua época… Também estão gravados os nomes de 558 generais no arco.

Nomes de 558 generais e de 128 vitórias em batalhas estão gravados no imponente monumento.

Nomes de 558 generais e de 128 vitórias em batalhas estão gravados no imponente monumento.

Mas como fazer para chegar até o arco? Parece uma pergunta estúpida, mas a verdade é que o monumento fica bem no meio de uma rotatória, a Place d’Étoile, formada pela intersecção de 12 avenidas movimentadíssimas. Para completar, perdemos meia hora tentando entender como os carros não colidiam naquela rotatória que parecia um caos. Não há nenhuma faixa de veículos e eles passam freneticamente e desordenadamente. Não tente procurar uma faixa de pedestres para chegar ao arco, pois ela não existe! Nem muito menos tente atravessar a rotatória correndo… O que há é uma discreta passagem subterrânea que te leva da sua calçada até a base do arco em segurança. As entradas ficam tanto na Av Champs-Elysées quanto na Av. de la Grande Armée.

O arco, na Place dÉtoile, (Praça da estrela). Nem tente cruzá-la no meio dos carros.

O arco, na Place dÉtoile, (Praça da estrela). Nem tente cruzá-la no meio dos carros.

Recomendamos muito subir no arco do triunfo, vale muito a pena. Lá em cima há um museu que conta a história do monumento e explica cada escultura e o que ela representa.

Representação da Partida dos Voluntários de 1792, na base direita do arco (A Marselhesa).

Representação da Partida dos Voluntários de 1792, na base direita do arco (A Marselhesa).

O que muitos desanimam na visita é a quantidade de degraus que deve-se encarar em uma escada tipo caracol: 284! Já sabíamos deste probleminha e decidimos partir para o plano B que poucos conhecem: há um elevador dentro do Arco do triunfo!!! Isso mesmo, ele é usado pelos funcionários do mesmo e levam de vez em quando alguém com mobilidade reduzida ou alguns sem-vergonha como nós. Fica bem escondidinho em uma das bases do arco com uma porta discreta que fica sempre fechada – ainda bem que conseguimos subir por ele.

Arco do Triunfo à noite, tão bonito quanto ao dia.

Arco do Triunfo à noite, tão bonito quanto ao dia.

Curtimos pouco o museu pois era bem pequenino, mas o que gostamos de ver mesmo foi a vista no mirante. Incrível como dava para ver tudinho de lá. Pena que estava um pouco nublado e que não dava para ver de tudo, em dias abertos deve ser maravilhosa a vista! Pelo menos não havia quase ninguém lá em cima e pudemos tirar milhares de fotos do lugar…

Vista de lá de cima, pena que não de para veem muito longe, mas estava bem mais tranquilo lá em cima do que em dias ensolarados...

Vista de lá de cima, pena que não de para veem muito longe, mas estava bem mais tranquilo lá em cima do que em dias ensolarados…

Na descida, tivemos coragem e encaramos a escada caracol, pensamos que descer era sempre bem mais fácil que subir: doce ilusão!!! Os incontáveis degraus da escada fazem você perder a noção do equilíbrio, pois você fica descendo em voltas e mais voltas – havia uma sensação estranha de que iria cair na escada que não parecia ter um fim. Ao chegar no último degrau, confesso que ficamos um tempinho ainda vendo tudo rodar!!!

Vista da escada caracol dentro do Arco do Triunfo - proibida para quem tem labirintite! Até pessoas saudáveis saem tontas de lá...

Vista da escada caracol dentro do Arco do Triunfo – proibida para quem tem labirintite! Até pessoas saudáveis saem tontas de lá…

Não poderíamos deixar de falar de outro ponto alto do monumento, mas que fica bem no solo mesmo, bem abaixo do arco, o famoso Túmulo do Soldado Desconhecido. Desde 1920, lá se encontram as cinzas de um soldado francês não identificado, morto na Primeira Guerra Mundial, homenageando a todos que tiveram o mesmo fim trágico. Até hoje não passou um dia sequer sem que fosse acesa a Chama da Lembrança, que fica ao lado do túmulo.

Túmulo ao Soldado desconhecido, com a chama eterna.

Túmulo ao Soldado desconhecido, com a chama eterna.

Enfim, apesar da escada assassina com seus inúmeros degraus, visitaríamos novamente o monumento, pois a vista que se tem de Paris é única e com certeza você terá vontade de ficar lá em cima por horas – mesmo com as lojas da Champs Elysées lhe tentando a descer logo para fazer compras e mais compras…

 

Tradicional vista da Champs-Elysées. Não poderíamos deixar de registar essa vista.

Tradicional vista da Champs-Elysées. Não poderíamos deixar de registar essa vista.

 

Arco do Triunfo de Étoile
Place d’Étoile – Paris
01 Abril a 30 Setembro – 10 – 23h
01 Outubro a 31 Março – 10 – 22h30
(entrada até 45 min antes de fechar)
Fechado dias: 01/01, 01/04, 08/05, 14/07, 11/11 e 25/12.
Entrada: 9,50 €.
Gratuito se apresentar Paris Museum Pass válido.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

2 comentários sobre “Vale a pena subir o Arco do Triunfo?

  1. Pingback: O que ver em Paris: As 50 melhores atrações - Já fomos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: